Estados Unidos

Não há destino no mundo onde a vida do turista é mais fácil e as opções de lazer e atividades tão amplos como nos Estados Unidos. Você pode passar anos por aqui sem realmente conhecê-los por completo, tal é a variedade de paisagens e culturas.
Boa parte da tecnologia que você está utilizando agora, num computador, tablet ou smartphone, foi criada por mentes ocupadíssimas concentradas no norte da Califórnia, próximo a San Francisco e  Los Angeles.
São Francisco o visitante encontrará um ritmo bem particular, é hora de diminuir o passo, esquecer o carro e curtir cada bela rua da cidade. Suba no primeiro cable car que passar à sua frente ou alugue uma bicicleta. Qualquer que seja o caminho, você descobrirá a cada ladeira (mesmo que canse um pouquinho na subida) uma nova atração como: o Golden Gate Park, lá você encontrará o Califórnia Academy of Science e o de Young Museum, além de jardins lindíssimos como o Botanical Garden, o Japanese Tea Garden e o Conservatório de Flores.
À beira da baía, o Fisherman's Wharf e o Marina District são visitas obrigatórias e oferecem atrações como o Píer 39 - uma das mais disputadas áreas de lazer da cidade , o Presídio de Alcatraz - com um incrível tour pelas antigas instalações carcerárias,  o Aquarium of the Bay - onde o visitante vê os animais marinhos enquanto passa por um aquário em formato de túnel. A especialidade dos lugares, no entanto, são os muitos restaurantes de frutos do mar.
Para queimar um pouquinho das calorias, suba em uma bike e percorra a mais famosa rota da cidade. De Fisherman's Wharf a Sausalito as paisagens são espetaculares. De quebra, você terá a oportunidade de pedalar sobre uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno: A Golden Gate Bridge. Se optar por permanecer de carro, percorra a 49-Mile-Scenic-Drive.
Chinatown existe em todo lugar. A comunidade oriental de São Francisco, no entanto, não só é a mais antiga dos EUA - existe desde 1848 - como também é a maior do mundo fora da Ásia.
Os Estados Unidos estão entre os maiores produtores de vinho do mundo, ocupando a quarta posição no ranking. E é da Califórnia - Wine Country - que vêm 90% da bebida produzida no país. As vinícolas americanas concentram-se principalmente nas regiões vizinhas de Napa Valley e Sonoma, a pouco mais de uma hora de San Francisco.
Los Angeles
Los Angeles  - é uma cidade que geralmente só é lembrada por suas estrelas na calçada da fama e o cinema mas tem outras atrações muito interessantes.
Temos que fazer um passeio pela calçada da fama, onde você pode ver todas as “estrelas” sem fazer muito esforço.
Av. Hollywood Boulevard com mais de 2.500 estrelas homenageando pessoas que representam na televisão,cinema , teatro , musica ou radio.
Rodeo Drive - A rua mais charmosa e famosa de compras do mundo, as grifes mais estreladas, as lojas mais badaladas, chiquérrima, vale apena ir só para conhecer.
Mas incrivelmente é acessível a quem quiser fazer um “window shopping”, afinal, olhar as boutiques mais lindas e famosas não custa nada. Além do hotel que ficou famoso no filme Uma Linda Mulher há algumas lojas memoráveis por aqui.
Farmer’s Market LA já virou uma das atrações turísticas de Los Angeles e se você ainda não foi lá precisa conhecer. 
UNIVERSAL STUDIOS -
O Pier é super movimentado, com parque de diversões, restaurantes e uma vista bem bonita da praia. Fica bem lotado no pôr-do-sol e é bom principalmente para quem vai com crianças  que adoram o parquinho e o playground ali na areia bem perto
VENICE BEACH,  BEVERLY HILLS,  SANTA MONICA, obrigatório conhecer.
A costa da Califórnia é o ponto de partida perfeito para conhecer alguns dos mais espetaculares parques nacionais do mundo: são árvores gigantescas (Sequoia), a mãe de todos os abismos (Grand Canyon) e o sonho de todo montanhista (Yosemite). Não muito distante fica a igualmente interessante represa Hoover Dam.
Um pouco mais a oeste, no estado do Colorado, estão algumas das pistas de esqui favoritas dos brasileiros, em Vail e Aspen, com sua infraestrutura perfeita e muita comodidade, algo que também se encontra com fartura em Las Vegas, cidade dos excessos, dos jogos e de shows de produção impecáveis.
Las Vegas é a capital do jogo; para os que sonham em trocar alianças num estalar de dedos, é a capital mundial do casamento; para os marqueteiros do governo e das inúmeras casas de shows, é a capital do entretenimento; e para os moralistas de plantão, a cidade do pecado. Seja qual for a preferência, de uma coisa todos concordam: na cidade onde luzes, sonhos, cifras e tudo o mais é over, a quantidade de títulos não poderia ficar atrás. Talvez, o mais apropriado fosse chamá-la de capital da extravagância... Quem se importa? Afinal, é esse exagero que garante a Las Vegas tão farta contribuição ao Livro dos Recordes. Grande parte dessa fama deve-se às exorbitantes quantias arrecadadas nos cassinos. Todos eles têm atrações diversas para não deixar o hóspede explorar outras paragens. O hotel Paris-Las Vegas, por exemplo, ostenta a maior réplica da Torre Eiffel já erguida no mundo. O Luxor tem o maior farol já apontado para os céus do planeta. E a Stratosphere abriga em seu topo a montanha-russa mais alta do mundo assim como  inúmeras opções de shows, com destaque total a produção do Cirque Du Soleil.
Além dos shows e cassinos, uma das atrações preferidas dos brasileiros em Las Vegas é a grande variedade de outlets e shoppings. São centenas de lojas que oferecem preços bem atraentes (e descontos extras) em artigos esportivos, vestuário feminino, infantil e masculino, perfumes, alguns eletrônicos, jeans, relógios e todas aquelas marcas que adoramos: Tommy Hilfinger, Lacoste, Timberland, Nike, Louis Vuitton, TAG Heuer, Dolce & Gabbana, Ralph Lauren, Gap, Guess e muito mais.
Ao leste, até o menos consumista dos seres se rende aos preços e ofertas dos malls e outlets de Miami.
Miami é mesmo vaidosa e parece pouco tímida na hora de exibir seus dotes aos que chegam à principal porta de entrada para a Flórida, estado localizado no sul dos Estados Unidos. Miami Beach, parada obrigatória para quem visita a cidade, o dia mal escurece e a arquitetura de tons pastéis do Art Deco District ganha o brilho exagerado dos neons; a Ocean Drive e suas paralelas se enchem de carrões; e os visitantes mais consumistas se esforçam para carregar sacolas com nomes de grifes.
Em pleno centro da cidade, uma atração se destaca. Imponente, a Freedom Tower ainda relembra, saudosa, o tempo em que esse edifício de 1925 com arquitetura inspirada nas torres da Giralda, na Espanha, abrigava refugiados cubanos, nas décadas de 60 e 70.
South Beach, as construções em estilo art déco dos anos 20 e 30 ainda podem ser apreciadas na agitada Ocean Drive, avenida que abriga clássicos da hotelaria e da arquitetura como o Colony Hotel, de 1935, e o Cardozo Hotel, de 1939. Sem contar a opção de excelentes e inusitados museus, como o Wolfsonian, um simpático espaço dedicado às últimas décadas do american way of life, e o World Erotic Art Museum, que dispensa apresentações.
Coral Gables, o visitante quase acredita que acaba de desembarcar no Velho Continente, do outro lado do Atlântico. Essa cidade dentro de Miami possui arquitetura em estilo mediterrâneo, cercada por fontes e boulevards arborizados. O bem sucedido projeto foi desenvolvido por George Merrick, ex-governador da Flórida que, na década de 20, idealizou uma região que reunisse residências e negócios para os moradores. É aqui que atrativos como a Venetian Pool, piscina histórica esculpida em pedra coral, os jardins europeus do Vizcaya, casarão em estilo italiano de 1916, e o clássico Biltmore Hotel, declarado Patrimônio Histórico Nacional, provam que Miami é, sim, exibida. Mas não esquece seu passado.
Orlando - Descubra um lado da cidade que poucos conhecem:  Winter Park, além  de possuir  um charmoso comercio, café, restaurantes, tem um dos mais agradáveis passeios de Orlando. Principais atrações: Magic Kingdom (acreditar na fantasia) ,Epcot (o mundo do descobrimento), Disney Hollywood  Studios,Universal Sudios Florida,  Universal Islands of Adventura , Sea World,  Discovery Cove , Wet`n Wild, Bush Garden ( Tampa) e muitas outras atrações.
Um pouco mais ao norte, Nova York é a capital do mundo, vibrante e  irresistível  em cada esquina lembrando alguma cena de filme e com cada peça de museu trazendo reminiscências das aulas de história. Do alto do Empire State Building ou dos ferries do rio Hudson, esse é o skyline urbano definitivo.
Nova York  com seus dias super azuis no inverno, no outono com folhas douradas, amarelas, alaranjadas, consertos  ao ar livre no verão, e na primavera  lotada de flores.
Nova York tem diversas opções de passeios. Você poderá conhecer a cidade a pé, de metrô, ônibus, ônibus turístico, carro com motorista, helicóptero, barco... você escolhe!
O turismo é uma das indústrias mais importantes de Nova Iorque, com mais de 40 milhões de turistas nacionais e internacionais que visitaram a cidade anualmente nos últimos cinco anos. Os principais pontos turísticos incluem o Empire State Building, Estátua da Liberdade, Ellis Island, produções da Broadway, museus como o Metropolitan Museum of Art, espaços verdes tais como Central Park e o Washington Square Park, Rockefeller Center, Times Square e lojas de luxo ao longo da Quinta Avenida e da Avenida Madison. Outros atrativos são os eventos como a Parada de Halloween em Greenwich Village, o Parada do Dia de Ação de Graças da Macy's, o desfile do Dia de São Patrício, atividades sazonais como patinação no gelo no Central Park no inverno, o Festival de Cinema de Tribeca e apresentações gratuitas no Central Park no verão. Experiências especiais fora das áreas turísticas mais importantes da cidade incluem, mas não estão limitadas, o Zoológico do Bronx, Coney Island e o Jardim Botânico de Nova Iorque.
Descubra convidativos clubes de blues em Chicago, ouça o melhor do jazz em Saint Louis.
Boston  - Fundada pelos ingleses em 1630, é uma das mais antigas cidades americanas e, durante o domínio britânico, foi o mais importante centro cultural dos Estados Unidos. Imigrantes, sobretudo irlandeses, foram atraídos para lá durante os séculos 19 e 20. Hoje, pouco mais de 700 mil bostonianos vivem entre prédios modernos, mas sem abrir mão de sua importância histórica. O metrô, o mais antigo do país, data de 1897, e seu jardim botânico, de 1837, também detém o título de mais velho. Em quatro quilômetros, estão reunidos dezesseis pontos de séculos passados na Freedom Trail. A tecnologia e os estudos, porém, também fizeram a fama da cidade. É lá, por exemplo, que estão a Universidade de Harvard (mais exatamente em Cambridge, a cerca de 20 minutos do centro) e o MIT (Massachusetts Institute of Technology), centro de pesquisas que abriga grandes gênios do planeta. Por isso, se vê tantos jovens nas ruas, nas lojas, nos bares, perambulando pela agradável região de Faneuil Hall. Se escolher o inverno como época da visita, prepare-se: o frio é congelante.
Washington,  o centro  do poder global, onde encontram-se alguns dos melhores museus do planeta, entre eles o Smithsonian e o da National Geographic Society.
Havaí  -  Veja como as ondas do mar e o fogo das entranhas da terra formaram o arquipélago do Havaí, este é um dos 50 estados dos Estados Unidos, localiza-se em um arquipélago no meio do Oceano Pacífico, podendo ser considerado o estado americano mais isolado em relação ao resto do país, sua capital é  a maior cidade, Honolulu.
Entre tantos  destinos diferente nesse país algum ira  cair  no seu gosto para  conhecer.