Taiti

O Taiti é somente o ponto de partida para conhecer a Polinésia Francesa, arquipélago com 118 ilhas montanhosas de beleza irretocável, cercadas por anéis de corais, bangalôs suspensos sobre a água e um mar com matizes que você nunca viu.
O endereço da capital é Papeete, aonde chegam os voos internacionais, centro comercial do país, tem lojinhas que vendem as famosas pérolas polinésias e um mercado municipal com lindas bancas de flores. Se você estender a sua estada, conheça as cachoeiras e as trilhas da floresta tropical que cobre a ilha.
 
Época para conhecer: tempo seco é entre junho e setembro. Maio e outubro ainda são bons, mas é bom evitar os meses restantes para não arriscar a perda das valiosas diárias com tempestades.
 
Bora Bora  
Os pontos de mergulho, os bangalôs, o relevo, a flora e as pérolas (reais e figuradas) de cinco estrelas da Polinésia.
 
Moorea
Fica a 30 minutos de balsa de Papeete e tem uma variedade consideráveis de resorts.
Aqui você vê antigos templos polinésios, mergulha na Opunohu Bay com tubarões e arraias, passeia por jardins de hibiscos e sobe em mirantes para ver de cima o mar colorido.
Raiatea e Taha
São vizinhas, em Raiatea, onde fica a maioria dos hotéis da dupla, desabrocha a tiare apetahidelicada flor endemica de pétalas brancas.
Taha e famosa pelas fazendas de baunilha, cujo aroma se sente nas praias tranquilas e de areia branquinha.
.
Que ilhas visitar?  O Roteiro mais convencional vai a Papeete, Moorea e Bora Bora.
 
Sonhe - Todos em bangalôs sobre a água: Four Seasons Bora Bora, The St. Regis Bora Bora.
 
Planeje - Bora Bora Sofitel Marara  , Moorea Pearl Resort & Spa.
 
Embarque- Intercontinental Moorea , Maitai Bora Bora, Raitea HawaikiNui.